sexta-feira, outubro 28, 2005

O SOL

tem-nos visitado amiúde. Ontem esteve um dia de outono quente, soalheiro, com os raios do sol a encherem o céu límpido e azul. Hoje o sol espreitou por entre algumas nuvens, e o ar arrefeceu ligeiramente. Nada mau para esta altura do ano.

Infelizmente, e como o nosso ritmo familiar é um pouco lento, lá saímos para a rua já um pouco tarde, ou seja, por volta das 16 horas. O que quer dizer que quando chegámos ao parque já não apanhámos os raios mais quentes do sol. Mas valeu na mesma!

Mas aqui o pessoal não tem medo do frio, como já me fartei de dizer! Os miúdos ficam no parque até tarde, alguns correm de camisolinha de algodão (hoje por acaso não vi mangas curtas, mas ontem havia!) E depois há outra coisa engraçada. Os mais pequenotes, alguns com pouco mais de 1 ano e ainda a equilibrarem-se nos primeiros ensaios da marcha trepam pelos escorregas dos mais velhos com uma facilidade incrível! E os pais deixam-nos aventurar-se sem problemas. Quando acham que talvez haja demadiada confusão, como muitos meninos todos ao molhe, não estão com meias medidas: sobem para cima do escorrega e lá vão acompanhar os bebés nas suas aventuras radicais! Não raro vê-se no meio da miudagem um pai ou uma mãe, empoleirados nos patamares mais altos. Às vezes até se juntam dois ou três.

Sempre é melhor do que ficar cá em baixo, de braços esticados, "Cuidado, olha que cais! Cuidado, não te debruces! Cuidado olha o buraco!" tentando em vão amparar as eventuais quedas e outras desgraças possíveis. Confesso que é esta a figura que eu faço, ainda não me atrevi a saltar para cima do escorrega! E quando estive em Portugal, no verão, lá andava eu e mais uns quantos pais e mães de braços no ar, à volta dos escorregas, "Vá, deixa o menino passar, cuidado, não caias, olha o pé, olha o pé!" É definitivamente uma questão de hábitos.

Aqui também se vêem mães no baloiço com os bebés, ou mesmo sozinhas. E uma vez também lá fui eu para o baloiço, matar saudades de uma das coisas que mais gostava de fazer quando era pequena! Já não andava de baloiço há tanto tempo, foi mesmo bom! Quando me sentei ainda dei uns saltos naquela porcaria para ver se não caía, mas depois pensei, não cai nada, que disparate! O Diogo é que não gostou nada do espectáculo, deve ter achado que aquilo não era brincadeira para mães!

4 comentários:

Pim disse...

Nem de propósito... Por aqui o sol brilhou intenso, lindo, radioso, durante toda a tarde. Aproveitei para levar a Maria Rita até à praia (fica aqui a cinco minutinhos de casa). Adorou! Estava linda! Bem-vindo, sr. Sol! A minha princesinha agradece.

;) Bjinhos, papu

papu disse...

É pá, a praia a 5 min de casa... sortudo :)

Pedro Ruivo disse...

Olá! O sol a brilhar em Londres!!!
Que bom!
E os gajos deixam os putos piquenos andar de escorrega e as mamãs tb baloiçam??? Afinal os ingleses são capazes de não ser os tolos insípidos que nós por aqui apregoamos...
Outro dia descobri que isto tinha música - normalmente tenho as colunas desligadas - e estavas a dar-nos uma música fantástica, que já não ouvia na versão original há uns 10,15,20 (???) anos: A noite passada.
Só tenho isso em vinil. Tenho que me actualizar.
Beijinhos

papu disse...

Andas muito distraído, ó pá! É que eu já vos estou a dar música há 1 mês! ;)

Beijinhos também
Hoje já está a chover.