quinta-feira, março 30, 2006

PAT


Hoje foi o último dia de trabalho da Pat. Pelo que percebi, vai-se reformar. A Pat é uma senhora que trabalha no playgroup onde faço o meu estágio. Deve ter perto de 70 anos, tem o cabelo quase todo branco, uma cara enrugada, uns olhos verdes brilhantes e um sorriso que lhe ilumina o rosto e o rejuvenesce. Não tem nada o aspecto comum de uma sexagenária: veste calças de ganga e calça ténis, e usa camisolas de malha simples. Não pinta o cabelo, não usa maquilhagem para esconder as rugas nem os anos, aliás, como a maioria das pessoas desta idade aqui não o faz. As crianças adoram-na, talvez por ser quase como uma avó para elas. Uma avó que sabe endurecer a voz e a expressão quando é preciso. Que dá colo e mimos e ternura. Que canta com eles, e salta e pula ao som de uma música animada. Que lhes conta histórias engraçadas e ri com eles. Quando comecei a trabalhar lá, e me sentia perdida, gostei logo dela, da sua simpatia e da sua autenticidade. Da sua simplicidade. Dos seus cabelos brancos e do seu sorriso cheio de rugas. Hoje fui despedir-me dela e levei-lhe umas flores. Vou ter muitas saudades. Mesmo muitas. E acho que as crianças também.

6 comentários:

mtc disse...

Olá Papu

Long time no see :)
A Pat está contente por ter chegado o tempo de reforma? ;)
Poderás sempre vê-la de vez em quando, ou não? :)
Lembra-te disso...há amizades que duram para sempre:)


By the way, já comecei o meu cantinho...

Beijinhos

nascitura disse...

papuzinha,

também gosto tanto da tua simplicidade

e olha, aquela ali em baixo dos orgasmos múltiplo foi demais, adorei :))

blue note disse...

Ao som desta melodia fabulosa... de resto como todas as que escolhes, digo-te que são essas senhoras de cabelos brancos e sorriso de rugas, que nos tornam melhores, que nos oferecem caminhos sábios, na ternura, no respeito, no amor pelas crianças.

Obrigada pela Pat. Obrigada por mim.

Beijo grande

LP disse...

Papu, cheguei aqui já não sei como, li este post, fui ler o primeiro, fiquei emocionada. Vou voltar...

papu disse...

Dreamer: nice to see you...

Paula: eu também prefiro as pessoas simples ;)

Tulipa: :)

Liliana: wellcome

CLS disse...

Eu tb gostaria de deixar saudades assim por onde passasse, é sinal que deixamos uma marca positiva nas pessoas. E um dia tb quero ser uma senhora de cabelos brancos assim toda para a frente, nada de queixumes de doenças :)
Bjs