domingo, março 05, 2006

A TI, ALEX


Quando cheguei à blogosfera
gostava de bater a portas diferentes
conhecer pessoas e opiniões novas
espreitar vidas alheias
afinal não é isto que fazemos nestas viagens?
Algumas salas estavam já cheias de gente
que mal ou bem já se conhecia
e trocava comentários calorosos
palmadas nas costas e piscares de olhos.
Eu, na minha pequenez
lá tentava pôr-me em bicos dos pés,
postava um comentário aqui e outro ali
mas as pessoas estavam entretidas
nas conversas animadas
que já mantinham com ilustres desconhecidos
e não pareciam reparar em mim.
Não me respondiam,
não me convidavam a entrar no seu canto
não me visitavam
não lhes interessava
e a minha voz ficava no ar, estagnada,
as palavras desenhadas
sem retorno
nem sorriso de olhos nos olhos.
Foste a primeira pessoa que visitei, Alex,
que verdadeiramente me abriu a porta de sua casa
me convidou a entrar para um copo
se interessou por mim
e quis saber de onde eu vinha.
Não esquecerei.
Beijinhos

11 comentários:

sem cantigas disse...

eh papu tb tou aqui!
e já agora aproveito para te dizer que acho muito bonita a forma como fazes o teu blog, mesmo não concordando com a tua adoração pela fiona...hehehehe

papu disse...

Olá :)
Eu sei que também estás aí.
Mas este post tem um significado muito especial, que eu não podia deixar passar. Um beijo.

um estranho disse...

Fogo ... acabo de chegar de um passeio tripulariante e tenho um baque destes ...
EU LEMBRO-ME.
Escreveste isto naquele post dos anónimos :)))))

Obrigada Papu, há coisas que não se deviam agradecer, mas como tu tambem agradeces ... obrigada.

Ganhei o meu dia, pela tarde que passei e pelas tuas palavras.

papu disse...

:))))))))))))))))))))
Um abraço com a cor deste mar

nascitura disse...

papu,
o olhar desses teus dois cheira a vida!

podes falar comigo, via mail, sempre que sintas essa necessidade.
eu gosto.
de ti.

papu disse...

Obrigada, Paula.
Um beijo.
Eu também gosto de ti :)

CLS disse...

Engraçado, tb me sinto-me assim desde q decidi entrar neste mundo dos blogs... Escreves mesmo bem!

papu disse...

Mas olha, eu vou-te responder e é já ;)
Obrigada, acho que já te tinha visto por aqui, mas hoje tive tempo de ir dar uma espreitadela ao teu cantinho. Às vezes a gente até quer visitar todos os que nos visitam e agradecer os comentários, mas não conseguimos arranjar tempo!

Beijinhos e volta sempre :)

sm disse...

O primeiro texto teu que li e comentei foi um que convidava as pessoas que te liam a dizer-te porque não comentavam, diversas vezes me senti como escreveste e diversas vezes tive vontade de escrever algo idêntico... Foi há quanto tempo?!

Depois, seguiram-se as coincidências, teres o nome pelo qual os meus filhos chamam uma das avós, a mesma escola, ou melhor, escolas, a mesma cidade, o mesmo bairro, os mails de apoio nas situações difíceis e por aí fora!! É pena não haver mais tempo, mas tenho gostado muito!!

:-))
Sandra
PS Obrigada pelo teu comentário, era bom que se gerrasse a "discussão"! ***

papu disse...

Olá!
Este post refere-se ao início, "quando cheguei à blogosfera". Já há uns bons meses, portanto. Sem dúvida que depois disso já muitas pessoas mostraram interesse por mim e me visitaram (onde estás incluída, obviamente). Mas a alex foi a primeira a fazê-lo mesmo. Depois dela, muitas outras pessoas o fizeram. Não vou estar a enumerar, porque são muitas, e com certeza sabem quem são!
:)

Alex disse...

... agora é que me vieram as lágrimas aos olhos ...


Foi forte o que passámos juntas ... foi tão bonito. Estou a falar do passado, é inevitável que fale do passado ...


Lembro-me, como se fosse ontém.

Sabes que ... deixei de fumar? Há quase 3 meses que não fumo :)