domingo, maio 28, 2006

E PORQUE RAIO

é que tenho de ser um general (neste caso, uma generala) durante o almoço?

«Joelhos para baixo! Vira-te para a frente! Está calado! Cala-te e come! Diogo, senta-te no sofá! Não falas com o David enquanto ele não acabar de almoçar! David, não quero ouvir a tua voz!!!» Não sei quantas vezes repito estas frases, até eu me farto da minha voz!

Uma hora no mínimo para comer???

E pelo menos duas idas à casa de banho em cada refeição???

Às vezes duas (já chegou a três) horas para acabar de almoçar???

É demais, pá, é demais. Arrasa a paciência de qualquer um, quanto mais de uma mãe!

6 comentários:

Alex disse...

Pelo menos fazem bem a digestão, comem devagarinhooooooooooo


já a tua "digestão" é outra conversa ;)

Alex disse...

3 vezes à casa de banho ??????

Alex disse...

hehehehehe

papu disse...

Na altura não me dá vontade nenhuma de rir... ;)

O meu Blog! disse...

olha, eu cá não sei quem é que vai primeiro ao psiquiatra, ou psicólogo, ou seja lá o que for...ele PORQUE NÃO ACHO NORMAL tantas horas para comer!!! ou eu, porque confesso...um destes dias tomei um calmante logo que me levantei pq sabia de antemão que me ía enervar passados 20 minutos :( , mas era demasiado fraquinho...PASSEI-ME NA MESMA!!!

mas é em casa...é na escola...é em todo o lado....na escola chega a ficar sozinho no refeitório para acabar de comer!!!

será dos Diogos??? ou pelo menos de crianças cujo nome começa por D ???

não há cu que aguente!

BEIJOS
Ana

papu disse...

:DDDDD

Bem, o Diogo come em velocidade normal, o David é que faz estas cenas, e é só em casa! Nos outros sítios come bem depressa!

A mim o que me irrita mais é q depois isto atrasa tudo, e às vezes queria-me despachar para ainda dar uma volta com eles a seguir ao almoço, e às tantas não consigo sair de casa a horas de jeito. Principalmente quando escurece muito cedo aqui, mas agora é ao contrário, escurece tardíssimo.

Eu acho q a gente não devia ligar, se calhar assim eles despachavam-se, eu sei lá, mas como te entendooooooo. Eu tb me passo dos carretos. E sem calmantes (por enquanto) ;)