segunda-feira, maio 22, 2006

SABEM ASSIM AQUELES DIAS


em que a gente se sente grande, pequenina, maior, menor, talvez?
Sabem assim aqueles dias em que a gente diz que sim, diz que não, diz que nim, diz que são?
Sabem assim aqueles dias em que nos cansamos de ouvir o eco da própria voz?
Sabem assim aqueles dias de maré cheia, maré vaza, maré alta, maré baixa?
Sabem assim aqueles dias em que nos apetece voar? Destilar? Acordar? Gritar?
Sabem assim aqueles dias em que pairamos acima do mundo, acima dos picos das montanhas, acima dos próprios pensamentos, e somos capazes de ouvir cada pedra da rua?
Sabem assim aqueles dias em que nos levantamos com vontade de começar coisas, acabar coisas, deixar coisas a meio, tantas coisas a meio, tanta tralha nas prateleiras!
ARRE! SABEM ASSIM AQUELES DIAS EM QUE VOS APETECE DEITAR TUDO PARA O LIXO???
Tanta papelada! Mas para que raio guardo eu tanta papelada?
Sabem assim aqueles dias em que só vos apetece disparatar? Fazer tudo ao contrário? Ver o mundo de pernas para o ar?
Sabem assim aqueles dias em que sentimos medo? De tudo? Até de nós?
Sabem assim aqueles dias em que só nos apetece levitar... nadar... mergulhar no oceano da paz, da harmonia azul das águas de uma praia de sonho?
Sabem assim aqueles dias em que não acordamos e continuamos... a sonhar? Acordados? A dormir?
Sabem assim aqueles dias em que ficamos congelados? Consevados? Adiados? Alucinados? Aparvalhados?
Sabem assim aqueles dias em que duvidamos de tudo, em que acertamos em tudo, em que apanhamos certezas dos gestos como quem apanha flores dos caminhos?
Sabem assim aqueles dias em que não somos? Em que apenas estamos? E ficamos?
Sabem assim aqueles dias em que damos um murro na mesa e atiramos tudo para o ar?
Sabem assim aqueles dias...

Eu sei. Se sei.

6 comentários:

Alex disse...

Sei. Sei muito bem como são esses dias.

Paula Canhão disse...

papu,
tens sempre música excelente!
adoro as tuas escolhas:)

Anónimo disse...

Já há muito, muito tempo que não te visitava. Vim hoje e, por coincidência estou num dia destes que tu tão bem descreves. Mas fez-me bem ler o que escreveste. Tens tanta facilidade em escrever que me enternece e tenho que confessar que fico também um pouco vaidosa, para não dizer muito. Seguiu hoje uma encomenda. Beijinhos, muitos para todos. Um xi-coração de quem tem muitas saudades vossas.

CLS disse...

Nesses dias, quando me perguntam o que tenho, só respondo: "Há dias assim..."
Bjs

AS disse...

Papu, belissimo texto! Há dias assim...

Um beijo

sm disse...

Ai, se sei!!!!

;-)
Sandra