quinta-feira, janeiro 25, 2007

A NEVE


tem qualquer coisa de mágico que não sei o que é.

Já é mais que sabido que o clima interfere com os estados de alma. Por exemplo, a mim, os dias cinzentos deprimem-me (acho que acontece com toda a gente, uns mais, outros menos). Nos dias cinzentos fico particularmente pessimista e descrente de tudo. Mas basta surgir um raio de sol no céu para que passe imediatamente a encarar as coisas com outra disposição.

Quando o sol brilha sinto-me forte e destemida. Parece que consigo ver o lado mais belo das coisas. O mundo torna-se mais amável e acolhedor.

Também gosto de ouvir a chuva a bater nas vidraças. Essa música deixa-me sempre um pouco melancólica e nostálgica, mas é uma coisa doce, gostosa. Não é uma tristeza sem remédio.

Mas não há sensação igual à da neve. E, mais intenso do que ver a neve, é vê-la cair do céu. Senti-la esvoaçar por entre o ar gelado até nos pousar ao de leve no gorro ou no casaco. Ficar no meio de pequenos flocos brancos que nos entram pelos olhos dentro.

(Bem, nunca estive no meio de uma tempestade de neve, concordo que aí a sensação deve ser tudo menos agradável).

Mas não deixa de ser um mistério. Porque quando neva o céu está carregado de nuvens cinzentas. De onde vem então aquela sensação de paz que me envolve? Não creio que seja do branco, pois quando o céu está branco de nuvens (assim todo branco, sem se ver o sol, naqueles dias em que o cinzento se dissolve) o efeito também é meio deprimente.

Então o que é?

Não sei. É mágico. Quando a neve cai e nos envolve ascendemos de súbito a outra dimensão. Parece que a nossa alma também flutua, como se fosse um floco de algodão, por entre o espaço gelado. E de repente tudo fica leve, de uma leveza incrível. Até o fardo mais pesado que transportemos nos ombros.

Não sei porquê, mas é assim.

(Ontem o Diogo quando constatou que a neve tinha desaparecido desatou num pranto - com lágrimas e tudo: "Eu quia qui niváááááxe!!!". Finalmente, alguém que me compreende).

5 comentários:

buzá disse...

Ficámos os dois de boca aberta...que bonito, ver esses sítios cheios de neve. Que belo nevão!!!Foi pena ser pouco duradoiro. Razão teve o Dioguito para chorar...Vais mandar um sms com mais fotos? Cá as espero.Beijinhos do buzá

Alex disse...

é magia
Faz sonhar ...

Acho que é o branco
Não sei ...
Será? A cor ...
Será o movimento mais lento ao cair? É o quê?

Já neva no Alentejo Papu :)))

E está tanto mas tanto FRIOOOOO!


Deixei-te uma questão sobre o exteriorizar as frustrações. Sei que já escreveste sobre isso uma vez, talvez me possas dizer algo sobre isso. Um beijinho grande, grande, grande
Ainda te respondi ontém ao mail, recebeste?

Alex disse...

A fotografia é LINDA!

Alex disse...

Psiuuuuuuuu

Alex disse...

Passa um bom fim de semana cheio de neve, tudo branco ao acordar.
Roubei 3 fotos tuas só pra mim :-)


Beijo Papu
Fica bem