quinta-feira, novembro 15, 2007

A era dos tamagotchis

Agora andam com a mania dos tamagotchis.
Nós devemos ser assim uma daquelas famílias retardatárias, quando as modas já passaram é que nos lembramos delas.
Eu, confesso, a primeira vez que um deles disse que o bicho tinha morrido, fiquei horrorizada. Imediatamente voltei atrás no tempo, até aos ursinhos de peluche, às tuchas, até mesmo os cãezinhos meio desengonçados para guardar os pijamas (e que nunca serviram para isso) tinham um lugar de eleição. Os bonecos do Wikie que saíam nas cartas, e os da Heidi, coleccionados até à exaustão. E pus-me a imaginar, com horror, como teria sido se algum dia um deles morresse.
Estava assim a modos que a ser engolida pelo pesadelo, quando a conversa deles me acordou.
«O do Diogo está sempre a morrer, ele não toma conta dele, e depois tem de estar sempre a começar do princípio!»
É que as criaturas morrem mas também ressuscitam. Menos mal.
Confesso que a minha ansiedade acalmou um bocado. Mas a estranheza ficou na mesma.
Será que já estou cota?

1 comentário:

edelweiss disse...

Os tamagotchis estão outra vez na moda: o meu também quer um!