sábado, novembro 15, 2008

Tom & Jerry Tales

Quando não andam um atrás do outro, estão em cima um do outro, a rebolarem-se pelas escadas abaixo ou a arrastarem-se pelo chão.
Quando não estão um em cima do outro, estão aos gritos, possessos de fúria.
Quando não andam aos gritos, andam aos encontrões, às vezes murros e pontapés.
Quando não estão aos murros e pontapés, estão a implicar um com o outro até à exaustão.
Quando não andam a implicar, andam a picar-se um ao outro (e qual deles espeta mais fundo!)
Quando não estão a picar-se, estão aos saltos em cima das camas.
Quando não saltam nas camas, atiram almofadas e outros objectos imprevisíveis pelo ar.
Quando não atiram coisas ao ar, atiram-se eles mesmo para o chão, às gargalhadas e completamente enlouquecidos.
Quando não se atiram para o chão, andam a correr atrás um do outro aos gritos e a rirem-se que nem uns doidos.
Quando não andam atrás um do outro, saltam em cima dos sofás.
Quando não andam aos saltos nos sofás, ficam paradinhos em frente da televisão, e é um martírio arrancá-los dali.
Quando não estão em frente da televisão, andam a comer doces às escondidas, a mijar na alcatifa (!) e outras coisas que agora nem me quero lembrar (ou nem posso imaginar).

De vez em quando, lá ficam cada um para seu lado. O Diogo brinca sozinho no quarto, o David joga ou vê televisão ou lê.

E eu, eu vou dando em doida, mais um bocadinho, todos os dias.

1 comentário:

edelweiss disse...

LOL, excelente comparação!