sábado, abril 24, 2010

Um blog serve mesmo para isto

Uma amiga que já não vejo há bué (o quê, 20 anos?) e que me descobriu através do blogue. Desde aí, temos trocado emails, muitas palavras, muitas emoções. Ela entrou sem pedir licença, sentou-se, leu, gostou, disse-me isso mesmo, com as palavras exatas (nem sempre é assim, mas às vezes as palavras são mesmo necessárias) e juntou o seu quadradinho ali nos seguidores. Sem cerimónias. Eu, que comecei este blogue especialmente para os meus amigos, e que da maior parte deles, as mais das vezes, nem oiço a respiração, fiquei sem palavras. E muito feliz. Se calhar é tudo uma parvoíce, pois é. Quando se está longe dá-se importância a estas parvoíces.

6 comentários:

josé palmeiro disse...

Fizeste bem em chamares à atenção para isto. É que eu confiro importância a estas coisas e depois,no nosso caso estamos longe, os dois, ou não será assim?

papu disse...

Zé, tu és daqueles amigos que está sempre presente, em palavras e não só. Também chegaste e abancaste. Se calhar, lá está, como também estás longe dás mais valor a estas coisas :)

Isto foi só um desabafo... imagino que seja muito bom ler-me e ter notícias minhas assim desta forma; o contrário é que não acontece, e seria muito bom para mim. Mas agora com o FB nem me posso queixar, fico ao corrente de tudo...

beijinhos

JFS disse...

Eu, que nem me lembro se te conheço, vou lendo. E gosto do que vou lendo.

Jorge

papu disse...

Jorge, tu também estás presente, tens estado, aqui e nos outros pontos de encontro :) obrigada, sei que estas coisas não se agradecem, mas obrigada.
No fundo, eu sei que estão todos presentes, às vezes há é preguiça de falar (escrever) qualquer coisa;eu tb sou caladinha por natureza. Só que às vezes faz falta ouvir umas palavritas, pois faz. E essas palavritas fazem a diferença. Como estas que me deixaste, as do Zé lá em cima, enfim, as de todos os que por aqui andam e de quem nem oiço a respiração....
mas lá está, agora com o FB nem me posso queixar assim tanto..... :)
beijos e 25 de abril sempre!

carla disse...

Miúda, há muito tempo que deixei de me expressar por palavras... nem me recordo quando...ao ler-te, consigo "verbalizar-me", o que é uma conquista e uma prenda que me dás sem saberes :)

papu disse...

Miúda, tu é que me deste uma prenda, no dia em que me disseste que me seguias, e eu nem sabia. Já foi há uns anitos (o blog já tem 5!) e ainda me lembro como se fosse hoje! :)