terça-feira, junho 28, 2005

DIÁLOGOS

Mãe e David
- Mãe, depois podemos ir à procura de tesouros?
- Tesouros? Aonde?
- Nas montanhas, ou na floresta. E depois encontramos muito ouro e ficamos muito ricos...
- Ah, era capaz de ser boa ideia.
- E depois se vier um mau eu dou-lhe assim um murro nas costas e ele vai-se embora!
- Ah, boa...

Mãe e Diogo
- Oláli! Oláli! Fomiguinhas!
- Pois é!
- O que tão fajêli?
- Andam à procura de comidinha para levarem para o formigueiro.
- O que é fomiguêlo?
- É a casa delas.
- Elas tão paxiáli?
- Sim, também andam a passear.
- Oláli! Oláli! Bicho!
(agora é um bichinho assim um bocado para o comprido e com muitas patas - desculpem, mas não sei o nome)
- Podi pijáli?
- Não, coitadinho, não pises.
- É bom?
(para o Diogo só há duas medidas - ou é bom e não se mata, ou é mau e mata-se!)
- Sim, filho, é bom.
(temos sempre tanta pena dos bichinhos... que acabam torturadinhos pelas criancinhas... mas confessem lá - quem é que não torturou bichinhos em criança? Eu arrancava as patas às carochas e enterrava-as na areia! - que má! Pois era. E acho que todas as crianças fazem coisas deste género, e não vem mal ao mundo por isso. Mas depois crescemos - e esquecemo-nos destas coisas, e passamos a fazer coro com o resto das vozes em defesa dos pobres bichinhos!)

Continuando...
- A mãe é má puqui jangou com Vidi?
- A mãe é má porque porque zangou com o David? Sim, filho, a mãe às vezes zanga-se com o David.
- E com bebé?
- Também.
- E o pai?
- O pai também zanga, não é?
(Risos).
(Reamente esta coisa do bem e do mal, do bom e do mau, deve ser uma confusão na cabeça deles...)

David e Diogo
- Não bate ó Vidi! O bebé é mau!
- Não é mau!
- O Vidi não é amigo do bebé!
- É migo...
- Não é!
(Choro...)
- O Vidi é migooooo...
- Não é! Mau!
(Choro...)
- Pronto, não chora, bebé. O Vidi é amigo do bebé. Vamos brincar à casa?
(a casa deles é debaixo da mesa, onde gostam de espalhar os brinquedos, para meu desespero)
- Vamos lá para fora, vamos fazer um rio!

Passado algum tempo, mãe para David e Diogo
- Venham para dentro, são horas de jantar! Têm de arrumar os brinquedos que estão debaixo da mesa! Estão a ouvir? Vamos lá, têm de ir lavar as mãos primeiro, estão todos sujos! Olha para isso! Espera, não entres em casa com os sapatos que vais encher tudo de terra! Vai já lavar as mãos! Diogo, anda para dentro, anda! São horas de jantar! Estão todos sujos, se calhar o melhor é irem directos para o banho!

(e lá vêm eles, depois de muitos protestos, camisolas pintadas de terra, caras e mãos encardidas, alguns choros pelo meio - o bebénãquélixopa! - e um brilho nos olhos mais luminoso que o sol)

3 comentários:

Mi disse...

:D quase que estou aí convosco

("Vidi" é genial)

papu disse...

Olá mi.
É giro a gente poder falar assim, não é?
E a tua pequenina?
Vai aparecendo sempre.
:)

Mi disse...

É :)

A minha pequenina está bestial. Dedica-se actualmente a comer coisas tiradas do lixo. Bagos de arroz, casca de banana. Enfim... Não há-de ser nada :))

(Eu vou aparecendo todos os dias, para estar um bocadinho convosco.)