quinta-feira, outubro 06, 2005

COMES E BEBES

Outra coisa que me passa nestes gajos é a maneira como comem. E não são só os ingleses, a maioria dos imigrantes facilmente se integra neste regime alimentar. Imaginem o quadro: hora do almoço no Bexley College. O pessoal senta-se à volta das mesas com uma caneca de chá ou de leite na mão. Petisca umas mini-tartes do tamanho da palma da mão, ainda não percebi o que raio é aquilo, parecem doces mas não tenho a certeza. Ou então umas bolachecas ou umas barras de cereais, ou umas sandocas. Na cantina o almoço é uma batata assada com salada ou uma sandes em pão de forma com salada e qualquer coisa à escolha. E como é coisa que dá muito trabalho a fazer, temos de encomendar o almoço até às 10.30!

Eu, como sou uma imigrante de hábitos enraizados, levo dois termos com sopa, um para mim e outro para o Diogo, fruta e ainda comemos uma sandes a meias. Não sei se é impressão minha, mas enquanto dou a sopa ao miúdo sinto os olhares cravados em nós. É claro que às vezes as pessoas estão a rir-se por causa das coisas que o Diogo diz (apesar de não perceberem uma palavra) mas acho que a mistela dentro dos termos também os intriga.

A primeira vez pedi sandes de queijo, mas jurei para nunca mais! Estão a ver aquele queijo aos bocados que a gente põe aí nas pizzas? Pois, é o que eles usam, apesar de no supermercado também se vender queijo em fatias. Pois, agora imaginem a minha figura a comer uma sandes de pão de forma cheio de migalhinhas de queijo lá dentro, mais alface e tomate e pepino! Sim, sim, isso mesmo... acho que no fim só não havia queijo no alto das nossas cabeças, e olhe lá!

4 comentários:

isabel disse...

E os pacotes de batatas fritas com vinagre?! Bah! Os meus filhos descobriram batatas fritas em casa da tia em Bath e claro gulosos foram logo abrir, coitados, a cara deles.

papu disse...

Olá Isabel :)
Por falar em batatas fritas, esqueci-me delas! É que este pessoal e principalmente as crianças devoram-nas! Hoje ao almoço reparei melhor no que dão às crianças e invariavelmente temos um pacote de sumo, um pacote de batatas fritas, é uma tristeza... Hoje enquanto dava a sopa ao Diogo umas colegas perguntaram-me se sou eu que a faço... coitadas, pareciam nem fazer ideia do que é ou de como se faz uma sopa!

O meu Blog! disse...

Olá olá!!
Há uns dias q nao vinha aqui...mas já coloquei a escrita em dia, ou melhor a leitura.
É verdade, desde há 1 semana q o Diogo tb começou a ter de levar o almoço para a escola. Escusado será dizer q passei uma semana inteira a correr todo o tipo de lojas à procura do abençoado termo q já eu levava para o colégio nos meus bons tempos de escola.
Nada! Só termos para líquidos. Estes tipos só bebem mesmo.
Ah, também comem chocolates.
Engraçadas são tb as criancinhas à volta do Diogo, na escola, ficam tipo o anúncio da Kinder, a olhar e a babarem-se com os almoços q ele leva, desde Douradinhos com arroz, esparguete à bolonhesa...confesso, o q sobrar do jantar do dia anterior, aquecidinho...olarecas.
Elas coitaditas levam uma sandocha, a garrafinha da moda a condizer com a lunch box com sumo, e lá lhes dão uma peça de fruta! Todos os dias a mesma coisa.
Mas pronto....o Argos tinha o famoso termo, não tão largo como os nossos (q até têm 2 divisões, 2 caixinhas) mas o suficiente, pq ele até é um pisco a comer.
Qto às batatas fritas, um dia foi engraçado pq entrei pela primeira vez numa "tasquinha", não sei como lhe hei-de chamar, de Fish and Chips, o tradicional prato inglês, e entrei em pânico qdo ele me despejou literalmente montes de vinagre para cima das minhas batatinhas!! Vá lá...até estavam boas...agora as de pacote, vai lá vai...
A minha vizinha, qdo soube q eu era portuguesa, a primeira coisa q me disse foi: oohh, you must miss a lot the sardines and tomatos...we just have fish and chips....
A quem o dizes...meu rico cozido à portuguesa..

Beijocas grandes para ti e para os teus D's!
Ana

papu disse...

É sempre engraçado ler os teus comentários, pq quase de certeza que já passei pelo mesmo! Bom! Deves ter ouvido falar do programa do Jamie Oliver e das new meals nas escolas. Qd isto aconteceu na escola do David, o ano passado, convidaram os pais a irem a primeira semana almoçar com os filhos para os encorajarem a comer as novas refeições. Lá fui eu. Fiquei horrorizada. Os miúdos comem uma coisinha de nada, ninguém os ajuda a escolher o que mais gostam (ou a não escolher o q não gostam, assim é que é), não podem repetir se tiverem fome, comem meia maçã à sobremesa... resumindo e concluindo: lá fui eu para os supermercados à procura dos termos! Mas tive menos sorte q tu e a minha mãe teve de me mandar uns de Portugal! Bom, lá mandei sopinha e segundo prato para o David. Nesse dia recebi um telefonema da escola. For reasons of health and safety, children aren't allowed to bring hot food in the lunch pack. Quê? Expliquem lá isso melhor? Agora até me rio. Mas é verídico: até fui falar com a headteacher! Não pode ser pq eles podem queimar-se (entornando a comida por cima deles ou de outro menino!) MNa altura quase dei em maluca, mas as coisas lá acalmaram, ele passou a gostar da comida e já come tudo (na altura não comia quase nada!), apesar de eu continuar a achar que se calhar não devia ter cedido! Mas ele está bem (agora até mudou de escola) e não se tem queixado... diz sempre que gosta da comida e eu não pensei mais no assunto...