sábado, fevereiro 11, 2006

OS MIÚDOS REGRIDEM

quando estão doentes, já se sabe. A gente escusava era de, tão prontamente, regredir com eles:
- Queres fruta? A mãe corta.
- Queres leitinho? A mãe vai buscar.
- O que é que queres comer? Queres banana com iogurte? A mãe faz.
- Vá, come só um bocadinho. A mãe dá, queres?
- Queres que te dê a sopa?
- Queres uma palhinha? A mãe vai buscar.

E o resultado está à vista:
- Mãe, quero água!
- Eu tamém!
- Mãe, quero leite!
- Mãe, eu tamém quélo leite!
- Mãe, quero um bolicao!
- Eu tamém!
- Mãe, quero flocos dos teus sem leite!
- Mãe, eu tamém quélo flocos xem lête!

- ESPEREM UM BOCADO, SIM? OS MENINOS NÃO PODEM ESPERAR?
- David, tu podes levantar-te, o teu irmão é que não!!!

(Quem me manda a mim armar em super-mãe-omnipresente-super-protectora???)

6 comentários:

um estranho disse...

:-) imagino imagino ...
mas não somos sempre assim? qualquer coisa que possa aliviar a dor deles, seja o que for, nos fazemos...

1 já é complicado .... mas 2 Papu, és uma mãe muito especial.

Mãe ... um esparguete cheio de beijinhos! Fazes? :)

Vá ... anima-te, tudo é passageiro, não há assim nada de grave pelo meio, e daqui por uns dias vou ler-te aqui com aquela tua energia habitual. Tá?

papu disse...

Aqui que ninguém nos ouve, a gente adora regredir com eles, não é?

Obrigada, amiga, pelas tuas palavrinhas...
e sim, estou melhor, e sim, já começo a recuperar aquela energia...

Hoje já dei banho ao David, já aspirei a casa... só ainda não fiz o almoço :P

Mas não é grave! :)

Beijinhos grandes

Miduxe disse...

Pois, eu entendo o que dizes,mas como evitar?
bjs

um estranho disse...

Não evitamos.
:-)

um estranho disse...

regridem.
Estou de rastos mãe.
estou tão de rastos mãe.
queria tanto ter mais tempo mãe.
queria tanto ter mais tempo, mais tempo para ser mãe.

papu disse...

Oh, então, o q é q se passa?
A gente ás vezes tb tem a mania de querer ser super mulheres... não somos!

Eu bem vi o teu sorriso
e o teu cabelo solto
a brincares na areia da praia com a tua filha
a construirem castelos
e vi
toda a entrega
e todo o tempo do mundo
de uma verdadeira Mãe!
Que és tu! Linda!

beijinhos e toca a arrebitar