terça-feira, abril 25, 2006

AS PORTAS QUE ABRIL ABRIU


nunca mais ninguém as cerra!!!

5 comentários:

Nuno disse...

Bom dia PAPU :)

Por exemplo, a "porta" aberta com os artigos 13.º e 48.º da Constituição da República Portuguesa de 10 de Abril de 1976 (aprovada em 2 de Abril de 1976), jamais se deverá fechar em Portugal!

"Artigo 13.º Principio da igualdade

1 - Todas os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.

2 - Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica ou condição social.".

"Artigo 48.º Participação na vida pública

1 - Todos os cidadãos têm o direito de tomar parte na vida política e na direcção dos assuntos públicos do país, directamente ou por intermédio de representantes livremente eleitos.

2 - O sufrágio é universal, igual e secreto e reconhecido a todos os cidadãos maiores de 18 anos, ressalvadas as incapacidades da lei geral, e o seu exercício é pessoal e constitui um dever cívico.

3 - Todos os cidadãos têm o direito de ser esclarecidos objectivamente sobre actos do Estado e demais entidades públicas e de ser informados pelo Governo e outras autoridades acerca da gestão dos assuntos públicos.

4 - Todos os cidadãos têm o direito de acesso, em condições de igualdade e liberdade, às funções públicas.".

Alexandra disse...

Bom dia :)

Espero bem que não, espero bem que não Papu.

Pois é, estive perto da tua terra ontém. Acho que andei perto da terra de toda a gente ... possa, foi um esticão valente.

27 graus à sombra Papu, deviam estar uns 34 graus, pelo menos.

Um beijo, bom resto de semana

soniaq disse...

Mesmo que queiram não há volta a dar, eh,eh,eh.

Mas sabes, ontem fiquei triste, não só pelo que se passou na assembleia, o PR e o do cds mas também porque estive com uns amigos que ainda não sabem e nem querem saber. E fiquei triste por eles, por não saberem que a Liberdade custou tanto e a tantos, que o sabor da Liberdade lhes foi dado de borla e eles nem sequer sabem, nem querem saber, fiquei tão fula. É o que dá ter amigos em todos os quadrantes políticos, neste dia devia ter ído ter com quem mais merecia. Mea culpa.

beijoca grande.

merdinhas disse...

Aqui deixo um sinal de fumo.
Depois da tua "Abrilada" fotográfica.

Anónimo disse...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»