segunda-feira, abril 17, 2006

TODAS AS VEZES


que faz anos que partiste
volto a lembrar-te
folha caída da árvore no meu outono distante.

E imagino-te agora
ave
solta
e livre
na primavera
ausente
da memória.

2 comentários:

nascitura disse...

todas as vezes que parto
penso em regressar

Anónimo disse...

I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»