terça-feira, maio 16, 2006

O QUE É QUE EU FAÇO À VIDA

com dois rapazes que estão SEMPRE com fome?

- Mãe tenho fome.
- Mãe, tenho fome!
- Mãe, tenho fome...
- Mãe tenho fome !!!

Mas isto a toda a hora! Mesmo depois de terem comido torradas, flocos com leite, três ou quatro iogurtes, fatias de queijo, algumas bolachas...

Evidentemente que, chegados à mesa do jantar, a cantiga muda subitamente de tom. Ora é:

- Mãe, podes-me separar a comida?
(separar quer dizer pôr alguma de parte que ele pode deixar no prato)

- Mãe, dói-me a barriga...

É de dar em doida, garanto-vos. Cada vez que eles abrem a boca para dizer «tenho fome!» quase sempre ouvem um peremptório «está calado!»

O que vale é que mesmo que alguém ouvisse não entendia, senão ainda era acusada de deixar as criancinhas passar fome...

4 comentários:

AS disse...

Mas isso é tão natural Papu!... Preocupa-te sim quando lhes faltar o apetite...

Um beijo

Alex disse...

Mãeeeee o que é que há para comer?

Saudáveis Papu!
Comilões!
Às vezes nem é fome, é vicio.
Mas sobre "vicios" teriamos muito que lhes dizer ...

Haja apetite SEMPRE.

Beijocassssss


Nota: A minha acaba de jantar, vai a casa da vizinha brincar com a amiga e acaba por "petiscar" do jantar deles caso ainda estejam à mesa e eu passo daquelas "vergonhas" - olha, a Bruna comeu connosco".

a Bruna o quê?????

papu disse...

:)))

Sofes disse...

Acho que não é propriamente fome... é mais vontade de comer.
A minha nos restaurantes chegava a jantar na nossa mesa, e depois ia pedir batatas, pão e outros acepipes que lhe parecessem apetitosos às mesas próximas...
Por outro lado, aqui as pessoas percebem-me, e acredita que tenho esse medo de pensarem que não lhe dou de comer! (o que vale é que é grande e encorpada...)
LOL