quarta-feira, agosto 30, 2006

INSEPARÁVEIS


- Eu p'a cá nunca me vou separar do Diogo!
- Mas ó filho, depois quando cresceres vais ter a tua casa e a tua família, a tua mulher, os teus filhos... é como a mãe. Eu não vivo com o meu irmão, mas penso muito nele, falamos ao telefone, escrevemos cartas...
- Mas eu não! Eu vou ficar sempre com o Diogo!
- Mas o mais natural é depois de crescidos os irmãos separarem-se... casarem-se... é claro que podem não se casar, há pessoas que não se casam, mas preferem viver sozinhas, e isso não quer dizer que não gostem dos irmãos...
- Mas quando gostam muito, mesmo muito, não se separam! Eu NUNCA me vou separar do Diogo! Vamos ficar sempre juntos!

2 comentários:

Alex disse...

As projecções ...
O instinto da eternidade ...



Beijo Papu

soniaq disse...

;)