domingo, julho 15, 2007

Não, a minha!

Hoje tenho o estômago um bocado às voltas.
Temos andado para aqui com uma viroses chatas que vão e voltam, e acho que também me atacaram a mim.
Além do estômago, também me ataca a paciência.
Ainda agora, à mesa do almoço, já não os podia ouvir.
Espetavam os fuzilli com os garfos, aproximavam-nos, entre risadas:
«A minha é mais gande»
«Não, a minha é que é mais grande!»
«Agora é a minha que é mais grande...»
«A tua é mais pequenina!»
...
Será que é o prenúncio da ansiedade masculina, com a sua famosa obsessão pela comparação dos tamanhos?

Sei lá, pode ser.

3 comentários:

kella disse...

Agora fizeste-me rir!!!

papu disse...

Só agora? :P

(estou a brincar!!!)

:)))

LP disse...

Ao menos não te falta o humor!