terça-feira, abril 18, 2006

UP SOUL

Ergue-te
assim
inteira
sem medo
sem vertigem
sem amarras
sem saudade
sem dor

2 comentários:

Alex disse...

Gosto da fotografia.
Gosto das palavras.
Gosto da ideia.
Gosto tanto de ti.

papu disse...

:)