sexta-feira, fevereiro 11, 2011

Uma ganza quê?

Não, ainda não bebi champanhe nem deitei foguetes. Ontem, aliás, quando dei a tarefa por terminada, ainda me perguntei porque raio é que não desatava aos pulos ou a bater palmas. Nada. Então mas é isto que uma pessoa sente quando acaba um livro, ainda por cima com mais de quatrocentas páginas? Esta pasmaceira aparvalhada? Deve ser sono. Não era. O que era, era saber que agora, terminada a coisa, há que rever, e já estou tão fartinha de rever, já sei o texto quase todo de trás para a frente, já li algumas partes tantas vezes que já deito aquilo pelos olhos. E a verdade, verdadinha, é que o livro estava praticamente acabado para aí há três meses, estando este tempo todo à espera de alguns alinhavos, que afinal só demoraram uma tarde a fazer. Era por isso que não queria acreditar, porque pensei que, apesar de ser só alinhavar, a tarefa pudesse ser um bocadito mais demorada. Mas pronto. Hoje acordei refeita, e pus-me a ler o diário de uma ponta à outra, e lá fiz novos cortes e novos acrescentos, puxa daqui, puxa dali, e no fim quase que me veio assim uma vontade de bater palmas. Mas não, que ainda tenho de ler tudo de novo (diz o meu perfeccionismo), e eu já sei do que a casa gasta, a gente não consegue ler nada sem continuar a cortar aqui e a acrescentar acoli, o que torna a tarefa interminável e prolonga a sensação de nunca mais se chegar ao fim. Assim, de facto, é difícil pôr um ponto final e dizer, acabei.Que raio, e eu que estava à espera que isto me batesse mais. É assim uma espécie de ganza à base de folhas de chá de camomila.

8 comentários:

Anónimo disse...

Vamos lá publicar isso que eu cá não sou moça de leituras na Net! E vê lá se não lês isso mais vezes, se não ficamos sem obra!
Fico à espera ansiosamente!
Beijinhos!
Guida

José Palmeiro disse...

Já estou como a Guida, agora é publicar e deixar da mão!!!
Até porque a "gente", quer ler!!!
Um grande beijinho e fico à espera de notícias.

Anónimo disse...

Força Papu, envia o texto para a gráfica e já! queremos ler de fio a pavio. Beijinhos,
Aurita

mina disse...

Está terminado? Um beijo grande! Estamos ansiosos por essa entrega para se pronunciarem sobre o que escreveste, vá lá despache-se.
Beijinhos

Jójó disse...

Parabéns, Papu! Raramente comento, mas estou sempre a ler, ali por baixo das ervas altas :)) Agora, publicar e ler! Muitos beijinhos!

Alex disse...

Que seja o primeiro de outros que hão-de vir. Eu sabia que isto ia acontecer um dia.
Vai-te a eles.
Parabéns Papu!


P.S. 400 páginas ...

Jao disse...

Bom Papu, se continuares a rever acabas a reescrever a obra. Como te dizia há dias, e tu sabe-lo, agora inicia-se nova fase, a da publicação.
Coragem vamos a isso!
400 páginas ??????
Então o que li é pouco.
A minha impaciência aumenta.

Beijinhos,
tio João

elf disse...

Eu só vou ler quando estiver publicado... em papel... desfolhável!